Como implementar RPA (Robotic Process Automation) em uma empresa?

22/01/2019 19:06:21 / by Rabbot

Com toda transformação e evolução que a sociedade vive, surgem novas demandas a todo momento. O apoio de tecnologias como Inteligência Artificial e Automação em Processos são inevitáveis para facilitar tarefas recorrentes do dia a dia do trabalho e assim levar foco aos negócios para torná-los cada vez mais produtivos.
Nessa linha, tarefas de maior valor estratégico se tornam o foco das empresas, trazendo mais retorno para as organizações e avaliações mais precisas para tomadas de decisão.

Caso você queria saber antes O que é e qual o papel do Robotic Process Automation (RPA) para o seu negócio? dá uma olhada no nosso post.

Uma plataforma de RPA é uma recurso capaz de possibilitar empresas a configurar e personalizar um robô especialmente para automação de processos internos, monitorar SLA’s do time, prazos de entrega e entre outros. Auxilia possibilitando executar tarefas repetitivas no ambiente empresarial para diminuir tempo de execução e custos operacionais, e também para aumentar a produtividade evitando erros.

A estrutura se baseia em:

- Entrada de informações e dados que são considerados pela programação como gatilhos
- A partir dos gatilhos se tomam ações baseadas ou não em condições.

Exemplo 1: Um checklist/formulário de multa é inserido por foto através do aplicativo e recebido pelos robôs que irão tomar uma ação de descobrir quem estava com o veículo na época da infração, e automaticamente enviar um e-mail para o cliente condutor, ou gerar um alerta para a equipe em caso o documento não estiver em conformidade.

Exemplo 2: O checklist/formulário contendo as informações do carro é recebido por conta de uma devolução de um uso, locação, viagem, etc, e consequentemente precisaria ser comparado com o checklist anterior realizado no momento da entrega do veículo para esse condutor. Um robô recebe essa informação de devolução, busca o checklist anterior desse carro e compara as respostas automaticamente para dizer se há alguma divergência ou não entre a entrada e saída.

Como implementar um software de RPA?

Ao contrário de outras ferramentas de TI e softwares, a implementação de um RPA é extremamente rápida e simples. Sem dor de cabeça e para pequenas e grandes empresas, gerar agilidade é essencial para alcançar novos e rápidos resultados.
A partir de login, senha e conectividade de internet o próprio cliente inicia a configuração e personalização dos fluxos de trabalho com ajuda das empresas. Os inputs de dados serão estruturados com os gatilhos, ações e condições para preencher automaticamente as etapas e os processos da empresa.

Fase 1: Identifique quais processos internos poderiam ser automatizados

Inicialmente você pode realizar uma avaliação detalhada de quais tarefas poderiam passar por fluxos automatizados e áreas que poderiam se beneficiar do RPA. Se precisar, existem consultores e especialistas para falar sobre esse tema AQUI (dá p colocar?)

É importante considerar antes e o depois da implementação do RPA sobre as atividades que foram automatizadas e identificar mudanças nos custos e eficiência da operação. Isso também deve se apoiar em softwares que tem recurso disponível sobre os resultados mensuráveis ao longo da operação.

Fase 2: Escolher o fornecedor adequado

Após analisar quais fluxos de trabalho poderiam ser automatizados em sua empresa a segunda fase envolveria as etapas para selecionar o fornecedores de RPA.


Estruture os requisitos e critérios para aplicação de RPA ser realmente efetiva considerado entregas como:

- Upload descomplicado de base de dados
- Visibilidade dos fluxos de trabalho
- Personalização conforme necessidade da empresa
- CRM de clientes / fornecedores
- Comunicação interna
- Variação da possibilidade das automações

Avalie a melhor proposta para implementar um RPA que consiga trazer soluções para as dores da operação de ponta a ponta na sua empresa.

Fase 3: Implementação e gerenciamento de dados

Na fase de implementação alguns fornecedores oferecem treinamentos com passo a passo, suporte de onboarding para funcionários de forma online ou presencial, tutoriais disponíveis na nuvem e entre outros.


Como todo início de input de dados as ferramentas precisam de um período relativo para gerar um certo número de dados para gerar visibilidade. Com o tempo um RPA pode calcular por exemplo com precisão a próxima data de revisão de um veículo baseado em cálculos e algoritmos inteligentes.

Conclusão

Com essas informações você deve ter notado que RPA é uma solução flexível e definitiva para otimização dos processos. Além do mais, com ele você não precisa se preocupar em licenças dos seus sistemas ou atualizações mais pesadas e complexas.

O desafio das grandes organizações sempre foi encontrar maneiras de melhorar os processos enquanto se mantém sustentável. E em se tratando das características de organizações exponenciais a agilidade para implementar soluções; testar rápido para corrigir rápido - faz parte do crescimento de uma empresa e tem tudo a ver com a nova era da tecnologia.

Esperamos que este artigo tenha sido útil. Caso você tenha alguma dúvida sobre RPA, deixe um comentário ou entre em contato. Aproveite que está por aqui e acompanhe as novidades sobre inovações e tecnologia para os negócios do nosso blog.


Rabbot

Written by Rabbot

A Rabbot é o primeiro RPA voltado para o setor automotivo. Ajudando pequenas, médias e grandes empresas a economizar, controlar e simplificar processos, dados e recursos por meio da automação inteligente.

O melhor conteúdo sobre automação inteligente em mobilidade

Cadastre para receber melhor conteúdo sobre automação no setor automotivo